Publicado por: unknown | novembro 17, 2011

São Paulo – Flor do Sumaré

Local – São Paulo

Nome do recinto – Flor do Sumaré

Endereço – R. Heitor Penteado, 1.192 / Sumarezinho

CRÍTICA – por Máximo Poder Terceiro

Um café da manhã completo e balanceado se come em casa. Na padaria, a caminho da labuta, não existe café da manhã sem coxinha. Lembre-se disso, não é todo dia que um blog dá uma importante lição de vida.

Crosta

À primeira vista, os entusiastas que já estiveram por Bueno de Andrada ficarão animados. A crosta, visualmente falando, tem uma semelhança com as famosas Coxinhas Douradas. Mas não se engane. Não é fácil construir um mito, e na Flor do Sumaré a crosta não é tão sequinha. Porém, sejamos justos, ela mostra um cuidado na hora do preparo.

Massa

Interessante, bem feita e de boa consistência. Podia ter menos massa, ajudando a valorizar a crosta, mas como é boa, não compromete.

Recheio

Bem normal. Úmido no ponto, frango bem fatiado e cozido. Ponto positivo para a densidade do recheio, que torna a coxinha bem consistente e volumosa.

Tempero

O grande defeito desta coxinha. A falta de ousadia faz com outros salgados ainda concorram com ela na vitrine, em vez de reinar soberana na Flor.

Avaliação geral – 7,0

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: