Publicado por: unknown | março 6, 2012

Rio de Janeiro – Cristal

Nome do recinto – Bar Cristal

Endereço – Escadaria do Vidigal / Vidigal

CRÍTICA – por Eustáquio Catarrinho do Império

Uma semana depois de me acabar no carnaval dos carnavais, deixei de lado a cara de pau e a areia da praia para ir visitar os parceiros de boemia e cantoria. Com Serginho, Piu, Eduardo das Compras e Renatinho eu já tava esperto de como a noite ia acabar. Resolvi equilibrar o delírio antes de abrir novos trabalhos, e todo mundo sabe que nada melhor que a nossa boa e velha coxinha para tão nobre função.

Crosta

Nada demais com a superfície da coxinha. Mas, como tudo nessa parte da cidade, nada acontece na superfície. Quanto mais para dentro você vai, melhor fica. Claro, que isso se aplica para uma infinidade de coisas, mas é bom saber que coxinha também é uma delas.

Massa

Ah lá. Próxima parte e já uma surpresa. Essa onda de coloral no frango é boa, dá um lance visual legal, os mano pira, mas só na quebrada do Cristal que o coloral vai na massa. Massa laranja que parece que vai arder a pimenta braba. Que nada, é só morder e aproveitar.

Recheio

Frango desfiadinho em pedaços bem diferentes um do outro. Molhado com o orvalho do Arvrão e salgado com água do mar, foi uma bomba de sabor caseiro.

Tempero

Ervas e coentro. Poderia ter roubado tudo que é gosto da coxinha, mas naquele calor, que os temperos ficam mais sequinhos, e junto de uma Antarctica da mais gélida, funcionou direitinho.

Avaliação geral – 6,5

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: